Montador de móveis saiba como garantir a sua profissão no mercado

Avalie com estrelas

Tempo de leitura: 4 minutos

Montador de móveis saiba como garantir a sua profissão no mercado

Entenda e aceite a realidade

A verdade é uma só, não existe o meio termo, ou você assume a sua profissão digitalmente ou vai acabar como a maioria que não se importa com o desemprego!

As chances são que a internet será o principal canal de relacionamento direto com os consumidores. Isto já se caracteriza como sendo a sua prioridade.

Muitos montadores me dizem que os seus clientes não aceitam pagar mais ou o preço justo pelo serviço, porque isso acontece?

Porque a maioria dos montadores de móveis aceitam qualquer tipo de trabalho a qualquer custo sem analisar os seus gastos, eles “pegam” qualquer serviço em 100 % das vezes.

Talvez por medo de ficar sem serviço, aceitam trabalhar por até 30 % do valor que seria adequado ao serviço, ou seja… poderiam cobrar R$ 100,00 pelo serviço mas o fazem por R$ 30,00.

Com isso, trabalham em 100 % dos orçamentos a preços arrasadores, e pensam que estão indo muito bem nos negócios.

Não utilizam o princípio de Pareto em suas atividades econômicas, por isso “pegam” qualquer tipo de serviço a qualquer preço.

montador de móveis Princípio de Pareto
Princípio de Pareto

O ideal nos orçamentos seria o seguinte: a cada 100 orçamentos aceitassem somente 20 pra fazer pelo preço justo do trabalho.

Esses 20 clientes são os que aceitam pagar o preço justo pelo serviço prestado que teria uma variação de: R$ 90,00 a 120,00 pela montagem do móvel

Pois assim sendo, os outros 80 orçamentos seriam clientes que pagariam somente de R$30,00 a R$ 40,00 por um serviço que vale pelo menos R$ 100,00

Montador de móveis Princípio de Pareto
Princípio de Pareto

Com isso em 20 % dos orçamentos, você montador receberia 80 % do faturamento.

Dos 20 clientes que te contratam você fica com 80 % dos ganhos em Reais. Preço justo do serviço!

Isso é muito mais do que os 80 clientes que só te pagariam 20 % do preço real do serviço.

Você que é montador profissional, não caia na lábia dos que só ladeiam em volta de você.

Pesquise mais sobre o assunto e pare de depender de quem manja muito dos paranauê!

Como garantir a profissão

A situação é disruptiva, estamos passando pela era da informação e transformação, isso começou por volta do ano de 2011 e se agrava a cada passagem de novo ano.

Estamos na era da Tecnologia Disruptiva. Para os montadores menos avisados isso significa muito pra nós, ela é a Designação atribuída a uma inovação tecnológica (produto ou serviço) capaz de derrubar uma tecnologia já preestabelecida no mercado.

Antes, as empresas que se estabeleciam no mercado durante 50 anos, hoje não passam dos 17 anos no mercado, elas simplesmente quebram.

Veja, você está alerta pra isso? Acho que não né… pois bem, agora pasme, a tecnologia que hoje está pra nós, pode ficar contra nós em muito pouco tempo.

A internet é o meio de trabalho online que impulsiona o offline.

Você pode até ser o melhor montador de móveis do mundo, mas em se tratando de atraso tecnológico, pode ser também o seu fim como profissional.

A sua profissão está em jogo após a era digital. Mas existe uma única solução pra você conseguir evitar uma catástrofe profissional em sua vida.

Seja um Montador de móveis Digital, tenha o total controle da sua vida, nunca espere pelos outros porque a corda só quebra do lado mais fraco!

Acha caro investir no seu próprio site? Imagine como será o seu futuro se não tiver um site!

Como contornar problemas

Utilize estratégias no campo da profissão, porque agora, ou você é montador autônomo digital ou então vai continuar na mesma até minguar aos poucos.

Se você não sabe nada de internet, nada de informática ou nada de marketing, a única maneira de resolver isso é aprendendo ou vai depender pro resto da sua vida de terceiros!

Hoje, o que não falta no mercado da informação, são cursos ensinando tudo sobre marketing pra empresários autônomos assim como você que optou em trabalhar pela internet.

Quem sai na frente fica lá por muito mais tempo, “É o olho do dono que engorda o gado” por isso, adiante-se e siga as suas próprias regras.

Na internet ninguém manda em ninguém, ninguém é patrão de ninguém, ninguém é dono de ninguém, é cada um por si e Deus por todos nós!

Compartilhe com seus amigos enquanto ainda há tempo!

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.